ARQUIVOS POSTADOS

quinta-feira, 1 de maio de 2008

QUANTOS FILHOS TIVERAM ADÃO E EVA?

Em uma das aulas a qual ministro, pude observar que alguns alunos fazem uma verdadeira confusão quando a pergunta é; QUANTOS FILHOS ADÃO E EVA TIVERAM?
Eu pude constatar que cerca de 98% destas pessoas não acerta com precisão essa pergunta. Normalmente a maioria diz que foram dois (CAIM e ABEL) outro dizem que foram três, mas muitos esquecem o nome do terceiro filho de Adão e Eva (SETE), mas a bíblia diz que depois que Adão e Eva tiveram Sete, ainda tiveram outros filhos (Gn 5.4) “E foram os dias de Adão depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e gerou filhos e filhas”
Na verdade a confusão e feita porque a Bíblia não fala os nomes dos filhos que Adão teve depois de Sete. Mas nem por isso podemos excluí-los da história e nem da vida de Adão e Eva. Aprendemos com isso que é errôneo dizer que ADÃO E EVA tiveram apenas (dois ou três filhos) porque como aprendemos, eles ainda tiveram depois que adão chegou a idade de oitocentos anos, filhos e filhas.

Nenhum comentário:

História do Dia das Mães

Encontramos na GRÉCIA ANTIGA os primeiros indícios de comemoração desta data. Os gregos prestavam homenagens a deusa Reia, mãe comum de todos os seres. Neste dia, os gregos faziam ofertas, oferecendo presentes, além de prestarem homenagens à deusa.
Os ROMANOS que também eram politeístas e seguiam uma religião muita parecida com a grega, faziam este tipo de celebração. Em ROMA, durava cerca de 3 dias ( entre 15 a 18 de março). Também eram realizadas festas em homenagem a Cibele, mãe dos deuses (demônios).
Porém, a comemoração tomou um caráter cristão somente nos primórdios do cristianismo. Era uma celebração realizada em homenagem a Virgem Maria, a mãe de Jesus.

CRIADORA DA IDÉIA DO DIAS DAS MÃES

Nos ESTADOS UNIDOS, a idéia de criar uma data em homenagem às mães foi proposta, em 1904, por ANNA JARVIS. A idéia de Anna era criar uma data em homenagem a sua mãe que havia sido um exemplo de mulher, pois havia prestado serviços comunitários durante a Guerra Civil Americana. Seus pedidos e sua campanha deram certo e a data foi oficializada, em 1914, pelo Congresso Norte-Americano. A lei, que declarou o Dia das Mães como festa nacional, foi aprovada pelo presidente Woodrow Wilson. Após esta iniciativa, muitos outros países seguiram o exemplo e incluíram a data no calendário.
Após estes eventos, a data espalhou-se pelo mundo todo, porém ganhando um CARÁTER COMERCIAL. A essência da data estava sendo esquecida e foco passou a ser A COMPRA DE PRESENTES, ditado pelas LOJAS como OBJETIVOS MERAMENTE COMERCIAIS. A popularidade do feriado fez com que a data se tornasse um dia lucrativo para os comerciantes, principalmente para os que vendiam cravos brancos, flor que simboliza a maternidade. "Não criei o Dia das Mães para ter lucro", disse furiosa a um repórter, em 1923. Neste mesmo ano, ela entrou com um processo para cancelar o Dia das Mães, sem sucesso.
Este fato desagradou Anna Jarvis, que estava muito desapontada em ver que o caráter de solidariedade e amor da data estavam se perdendo. Ela tentou modificar tudo isso. Em 1923, liderou uma campanha contra a comercialização desta data. Embora com muita repercussão, a campanha pouco conseguiu mudar.
Anna passou praticamente toda a vida lutando para que as pessoas reconhecessem a importância das mães. Na maioria das ocasiões, utilizava o próprio dinheiro para levar a causa adiante. Dizia que as pessoas não agradecem freqüentemente o amor que recebem de suas mães. "O amor de uma mãe é diariamente novo", afirmou certa vez.
Anna morreu em 1948, aos 84 anos. Recebeu cartões comemorativos vindos do mundo todo, por anos seguidos, mas nunca chegou a ser mãe
DIAS DAS MÃE NO BRASIL
No Brasil, o Dia das Mães foi introduzido pela Associação Cristã de Moços (ACM), em maio de 1918. A data passou a ser celebrada no segundo domingo de maio, conforme decreto assinado, em 1932, pelo presidente Getúlio Vargas. Em 1949, vários proprietários de lojas de São Paulo, lançaram uma grande campanha publicitária incentivando a compra de presentes para as mães e o hábito de presentear as mães ganhou impulso.
Google